[Professor eficiente e eficaz? Nada disto. O professor precisa ser efetivo]

Professor eficiente e eficaz? Nada disto. O professor precisa ser efetivo

Provavelmente você já ouviu ou até mesmo já disse a seguinte frase: “Este professor sabe muito, mas não tem nenhuma didática.”

 

CONHEÇA O CURSO DE TÉCNICAS DIDÁTICA EM https://go.hotmart.com/C16917414Y

 

Este professor não tem didática ou não tem método? Não tem eficiência ou não tem eficácia?

Qual a diferença entre EFICIÊNCIA, EFICÁCIA e EFETIVIDADE?

Para entendermos esta diferença, vamos nos valer de nossa paixão nacional: futebol.

Há críticos esportivos afirmando que as seleções de futebol dos anos de 1982 e 1986 foram muito superiores à seleção de 1994. Ocorre que somente a seleção de 1994 foi campeã. A observação é que as duas primeiras seleções jogavam maravilhosamente bem com jogadas e dribles inteligentes e encantadores. Era bonito de ver. Mas..., mas não ganharam nada. Enquanto isto a seleção de 94, segundo alguns críticos, jogou feio. Não encantou, mas ganhou a copa.

Podemos dizer que as seleções de 82 e 86 foram eficientes, enquanto a seleção de 94 foi eficaz. Eficiência está ligada ao modo, a maneira de fazer alguma tarefa; eficácia está relacionada a resultados. Afinal de contas, o objetivo de um time de futebol é ganhar ou jogar bonito?

Muitas vezes um professor deixa de ser eficiente por não ter um método de ensino. Método é a utilização de um conjunto de recursos tais como: técnica didática, recursos audiovisuais, sistema de avaliação, etc. O resultado se resume em aulas chatas que em nada estimula o aprendizado.

Por outro lado há professores que até jogam um bolão com aulas atraentes, mas não traz resultados, pois seus alunos, ainda que sejam aprovados em suas avaliações, aprendem muito pouco ou nada. Professor eficiente, mas nada eficaz. Não traz resultados.

Conheci um professor universitário que reprovava 90% de seus alunos. Suas aulas eram maravilhosas, com exemplos, estudos de caso, técnicas didáticas adequadas. Era eficiente, mas só ele conseguia passar na prova que aplicava aos seus alunos. O sistema de avaliação fazia com que toda a eficiência de suas aulas frustrasse os resultados. Um professor que aprova apenas 10% dos alunos, embora eficiente, é eficaz?

Ter os melhores resultados se valendo dos meios adequados é o que chamamos de EFETIVIDADE. Jogar bonito e ganhar o jogo.

Mais do que eficiente e eficaz, o professor precisa ser efetivo. Isto é, fazer com que os alunos realmente aprendam utilizando o melhor método possível. Mas isto é um grande segredo, um verdadeiro mistério para muitos professores. A EFETIVIDADE na educação somente se alcança se o método for adequado. Método só é adequado quando há conexão de alguns elementos essenciais à educação, tais como: Definição dos Objetivos Educacionais, Técnicas Didáticas adaptadas para alcance destes objetivos; sistema de avaliação apropriado às técnicas e objetivos.

 Efetividade na educação é a habilidade de ensinar (eficácia) da melhor maneira possível (método/eficiência).

ENSINANDO O PROFESSOR A ENSINAR PARA QUE OS ALUNOS POSSAM APRENDER A APRENDER!

 

CONHEÇA O CURSO DE TÉCNICAS DIDÁTICA EM https://go.hotmart.com/C16917414Y

Olá, deixe seu comentário para Professor eficiente e eficaz? Nada disto. O professor precisa ser efetivo

Enviando Comentário Fechar :/